terça-feira, 21 de março de 2017

Outono






Eu acho que o outono é uma prova de que Deus nos ama.

 Dias mais curtos, noites mais longas, brisa soprando e refrescando, chuva, convite ao recolhimento. Adoro esse céu meio-cinza, o sol que não agride a pele e a paciência, a volta dos passarinhos às árvores do meu jardim, pois não se sentem mais fustigados pelo calor.

As orquídeas e as Impatients também preparam seus botões. Dormimos melhor, mais aconchegados, e acordamos mais bem-dispostos, sabendo que o dia será mais fácil. Comemos melhor - voltam as sopas de legumes, tão saudáveis e saborosas, os chocolates quentes ao final da tarde - e temos os filmes e livros enrolados em mantas macias.

Outono - preparação para o inverno, que é tempo de recolhimento e reflexão. 

O frio nos convida a ficarmos mais próximos, em volta de lareiras, sob cobertores, em rodas de bate-papo regados a vinhos e bebidas quentes. Eu amo. Muito.