terça-feira, 29 de outubro de 2013

Casa em Ritimo de Natal






Mais uma vez, abrimos os olhos e estamos quase em novembro! Hora de começar a pensar no Natal - arrumar a árvore e a casa para recebê-lo - mas principalmente, arrumar o espírito. 

Existe algo diferente com o natal, e fico pasma quando alguém me diz que não aprecia esta data. Bem, eu compreendo que ela nos traz recordações de pessoas que já se foram e de natais nos quais havia mais convidados à mesa... mas a vida é assim, ela tem seus ciclos, suas perdas. Precisamos aceitar os adeuses que ela nos impõe.

Foram-se meus pais, meu sobrinho, meu sogro. Mas nós ainda estamos aqui. No Natal do ano passado, minha mãe estava desacordada em um hospital. Foi um dos meus piores natais. Ela se foi na noite  de ano novo, mas eu ainda estou aqui!

Eu sempre tenho o hábito de, ao montar a árvore, dedicar um enfeite a cada pessoa da família e aos amigos. E mesmo que eles não estejam mais aqui, nada me impede de continuar fazendo a mesma coisa. Posso continuar pedindo que,estejam aonde estiverem, eles estejam bem.

Não quero amargar a vida, não desejo tornar-me uma pessoa triste, taciturna e saudosa. Quero continuar sentindo a magia que há na vida, na natureza, nas datas especiais. Todo mundo deseja estar feliz a maior parte do tempo, e eu não sou exceção.

Portanto, continuarei enfeitando a casa - e agora, os blogs - para receber o natal.



2 comentários:

  1. Achei a coisa mais linda o que escreveste e me serviu de liçao... festas de fim de ano para mim sempre trazem um pouco de melancolia... agora depois do seu texto terei um outro olhar sobre essas comemoraçoes...

    Um otimo dia para vc...

    Beijos...

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa para deixar um comentário, por favor. Espero que tenha gostado. Obrigada pela visita!