quarta-feira, 30 de julho de 2014

TAPETES





Nos meses de outono, inverno e no comecinho da primavera, o clima em minha cidade pode ser bastante frio. Assim, não é muito adequado usar pisos cerâmicos - ou pisos frios - para forrar o chão das casas petropolitanas. E quem o faz, acaba quase sempre estendendo um tapete por cima nos meses mais frios.

O ideal para climas como o nosso, são os pisos de madeira, os carpetes (embora eu não os aprecie muito devido a poeira que acumulam e ao cheiro que adquirem após algum tempo) e os pisos laminados, que oferecem uma variedade enorme de padrões e preços, além da rapidez na colocação e facilidade na hora da limpeza. Aqui temos no chão de toda a casa, exceto cozinha e banheiros, o Duraflor padrão Freijó Rústico, que já vai completar dez anos de uso sem o menor sinal de desgaste. É bonito, liso, silencioso ao pisar e de qualidade impecável.  E o melhor: resistente a arranhões.


Mas eu, particularmente, não vivo sem tapetes. Gosto de trocá-los de lugar sempre - da sala para o quarto, do quarto para a sala ou para o outro quarto, e assim vou. E por causa dessa mania de viver trocando tudo de lugar, os tapetes de minha casa raramente são muito caros, já que eu enjoo facilmente do padrão e acabo quase sempre doando os antigos e adquirindo novos. 

O chão que a gente pisa é uma parte importante da casa. Devemos nos sentir confortáveis andando descalços - pois após um dia cansativo de trabalho, nada melhor que tirar os sapatos e andar descalços pela casa! Por isso, gosto de sentir as fibras macias dos tapetes sob os pés. É relaxante e aconchegante. Tapetes emprestam um colorido especial à decoração, e podem tornar-se seu ponto central. Eu adoro os que tem vermelhos em sua composição. Recentemente, adquirimos um tapete vermelho e laranja para a sala de estar que parece ter dado nova vida ao ambiente. Para equilibrar, no ambiente onde fica a TV, colocamos um tapete preto decorado com tons bege. Acho que ficou bonito. Porque o importante em uma casa, é que a gente ache que ficou bonito.





Um comentário:

  1. Suas ponderações saõ corretas Ana, eu adoro estar descalços pela casa e ai o piso é fundamental para dar esta sensação de relax e bem estar. Uso piso Decorflex e minha infância e outrora aqueles tacos.
    Em Minas usava-se muito os tapetes e eu ate dormia neles,kkk.
    Pé no chão é muito bom amiga.
    Um abração.

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa para deixar um comentário, por favor. Espero que tenha gostado. Obrigada pela visita!