segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Pedaços Negros de Tristeza Pela casa...





Ando pela casa, e nos cantos, há pedaços negros de tristeza: restos de folhas queimadas, resíduos pretos que a tudo sujam quando tocam. Parece que as árvores queimadas, a quem tais resíduos pertencem, querem deixar as suas marcas em nossas casas, as marcas das dores que sentiram enquanto queimavam, covardemente atacadas por pessoas sem coração e sem visão de futuro.
Centenas de milhares de insetos, aves, mamíferos e répteis morrem sem ter para onde fugir, encolhidos de medo e de dor no calor do fogo das queimadas. 

Apesar de tudo o que é anunciado pela TV, as reportagens e campanhas de conscientização, as pessoas ainda continuam pondo fogo nas matas, causando incêndios criminosos - alguns de proporções assustadoras - causando a morte de animais e até de pessoas. Muitos perdem as suas casas devido à ação destas pessoas sem coração, cujo prazer mórbido resume-se a atear fogo e apreciar, enquanto quilômetros de mata desaparecem entre as chamas.

E eu não acredito que o façam por ignorância; não acredito que "São apenas crianças brincando", como alguns dizem. Hoje em dia, as crianças e adolescentes tem acesso à informação, e sabem muito bem dos perigos e prejuízos causados por uma queimada. Não o fazem sem saber o que estão causando. Fazem-no por pura maldade. Pelo prazer de sentir que tem o poder de alterar as vidas que os cercam ao fazerem coisas proibidas.  

Ontem eu assisti pela TV um filhote de Tuiuiú sozinho em seu ninho, abandonado pelos pais que precisaram fugir da fumaça para garantir a sua sobrevivência. O pobre animal era um símbolo desesperado da ignorância humana, de pé sobre um tronco comprido de árvore enquanto tudo à sua volta queimava. Bombeiros tentavam apagar o fogo, arriscando suas vidas a fim de garantir as vidas de outras espécies. Graças a Deus, o Tuiuiú teve um final feliz, o que, com certeza, não aconteceu com centenas de outros animais.

Traçando o caminho do fogo, os bombeiros chegaram à casa de uma família, cujo pai admitiu ter sido o seu filho o causador da queimada criminosa. Disse: "Foi ele mesmo." E o que terá sido feito a respeito? Acredito que a melhor punição - além de alguns dias ou meses de detenção - seria levar estas pessoas e obrigá-las a resgatar animais feridos ou em fuga. Talvez assim, vendo a dor de outras criaturas bem de perto, eles tomassem consciência. Eles deveriam ser obrigados a ajudar a apagar o fogo, sentindo o calor da morte nos seus próprios rostos.

Abro as janelas de manhã, e o jardim e o telhado estão cobertos de cinzas, cinzas que o vento traz para dentro de casa. 

Hoje, as janelas terão que ficar fechadas, apesar do calor agradável e do dia lindo lá fora.



5 comentários:

  1. Texto muito interessante e com uma linguagem de responsabilidade pública,adorei.
    Eu também vivo a me preocupar com os rumos que está a tomar este mundo com tanto desleixo e agressão ao que é natural!

    Agradecendo também por suas recentes visitas :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Olá Ana.
    Aqui em São Paulo as queimadas também têm sido constantes. Não bastasse a poluição, soma-se aí a fumaça das queimadas que deixam o ar insuportável. Muito triste ver nossa flora e fauna sendo destruídas pela irresponsabilidade de algumas pessoas. Sou totalmente favorável ao seu manifesto. Agradeço seu alerta no meu Blog, eu estava organizando a postagem e eu publiquei sem querer. Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Boa noite Ana.
    Infelizmente muitos não têm noção do mal que fazem ao praticar uma queimada, e, cada dia elas parecem mais frequentes, infelizmente.
    Muito pertinente e valoroso o teu texto, adorei.
    Um abraço, Lu.

    ResponderExcluir
  4. As queimadas sao prejudiciais aos animais... aos homens... e ainda deixam a paisagem feia...

    Beijos...

    ResponderExcluir
  5. Na verdade essas queimadas não tem nada de acidentais. Elas existem para que as grandes usinas colham as canas que já estão na época de colheita.
    Pode perceber que as queimadas só acontecem na época certa de colher as canas.
    Bela postagem!

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa para deixar um comentário, por favor. Espero que tenha gostado. Obrigada pela visita!