segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

À Noite, no Jardim




As noites petropolitanas são sempre frescas, mesmo no verão , e apesar dos dias bem quentes que estamos tendo é possível ir lá para fora à noite e desfrutar de uma brisa fresca, quase fria. É o que temos feito sempre que possível.

Ficamos sentados no jardim, enquanto os cães brincam perto de nós. Olhamos as estrelas. Ontem, escutamos um barulho sobre o muro forrado de hera, e quando olhamos, percebemos que estávamos sendo observados: um ouriço caixeiro estava bem acima de nossas cabeças, e quando os cães latiram para ele, começou a mover-se bem lentamente sobre o muro, até desaparecer do outro lado. Ainda bem que ele não estava no gramado, ou teríamos problemas com os cachorros... tirar espinho de ouriço é trabalhoso.

Conversar no escuro é bom... parece que prestamos mais atenção ao que o outro diz sem as distrações do dia. Bem, mas é certo que a noite também tem suas distrações, como os ouriços, por exemplo. E os cães. E as estrelas cadentes. Mas são distrações mais serenas, que ao invés de nos puxarem para fora, encantam os caminhos que vão para dentro...



5 comentários:

  1. Um conto interessante, amiga. Quando morei em Macaé, entre os anos de 1994 e 2006, em minha casa havia um muro coberto por hera. Dava trabalho, mas, era muito bonito. Fraterno Abraço, Marco.

    ResponderExcluir
  2. Se dá trabalho!... Uma vez tentei cortar a era eu mesma, e no dia seguinte não conseguia abrir ou erguer os braços, Marco...

    ResponderExcluir
  3. Ana morro de medo de ouriço, perdi a minha cachorra Talita, por causa do ouriço. Aqui tem muito e 4 anos atrás os 4 cachorros que eu tinha encurralaram um, como a Talita era mais afoita ela pegou a carga toda na boca, eram muitos na garganta, na língua e no focinho.
    Levamos na veterinária, que anestesiou e tirou tudo que viu, mas depois disso ela não comeu mais e morreu. Dos outros 3 nós tiramos em casa mesmo. Hoje, tenho muito medo desse bichinho.
    Mas, o que mais gostei, são as distrações que "encantam os caminhos que nos levam para dentro", essa é a magia do amor.
    Agradeço, abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir
  4. Eu não gosto nem de pensar! Aqui onde eu moro tem muito gambá e Morro de medo! Imagina ouriço!
    É realmente sentir o prazer da noite! Ver as estrelas, isso é prazeroso!
    Adorei o texto!
    Beijinhos.

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa para deixar um comentário, por favor. Espero que tenha gostado. Obrigada pela visita!