terça-feira, 17 de março de 2015

Páscoa





A Páscoa sempre me enche de boas lembranças. Engraçado... mas prefiro a Páscoa ao Natal. Acho que a simbologia do renascimento é muito forte. Assim como o Natal, a Páscoa é cheia de tradições que muitas pessoas não sabem como surgiram. Quem tem crianças em casa, faz um ninho todo decorado com papel de seda colorido para que os coelhinhos ponham seus ovos de chocolate; mas de onde surgiu esta tradição? Pesquisando, descobri na Wikipedia que:


O ovo de chocolate ou ovos de Páscoa são uma tradição milenar relacionada ao cristianismo. Costumava-se pintar um ovo oco de galinha de cores bem alegres, pois a Páscoa é uma data festiva que comemora a ressurreição de Jesus Cristo, sendo o ovo um símbolo de nascimento. Outros povos como os gregos e os egípcios também coloriam ovos de galinha oco, porém em datas diferentes.
O ovo é símbolo bastante antigo, anterior ao Cristianismo, que representa a fertilidade e a renascimento da vida. Muitos séculos antes do nascimento de Cristo, a troca de ovos no Equinócio da Primavera (21 de Março) era um costume que celebrava o fim do Inverno e o início de uma estação marcada pelo florescimento da natureza. Para obterem uma boa colheita, os agricultores enterravam ovos nas terras de cultivo.

Quando a Páscoa cristã começou a ser celebrada, a cultura pagã de festejo da Primavera foi integrada na Semana Santa. Os cristãos passaram a ver no ovo um símbolo da ressurreição de Cristo.

Colorir e decorar ovos é um costume também bastante antigo, praticado no Oriente. Nos países da Europa de Leste, os ortodoxos tornaram-se grandes especialistas em transformar ovos em obras de arte. Da Rússia à Grécia, os ortodoxos costumam pintar os ovos de vermelho. Já na Alemanha, a cor dominante é o verde. A tradição é tão forte que a Quinta-feira Santa é conhecida por Quinta-feira Verde. Na Bulgária, em vez de se esconder os ovos, luta-se com eles na mão. Há verdadeiras batalhas campais. Toda a gente tem de carregar um ovo e quem conseguir a proeza de o manter intacto até ao fim será o mais bem sucedido da família até à próxima Páscoa.

Das tradições da Europa Oriental, o hábito passou aos demais países. Eduardo I de Inglaterra oferecia ovos banhados em ouro aos súditos preferidos. Luís XIV de França os mandava, pintados e decorados, como presentes. Isso iniciou a moda de fazê-los artificiais, de madeira, porcelana e metal, contendo alegras surpresas aos presenteados. Seu sucessor Luís XV presenteou sua amante 33 anos mais jovem, Madame du Barry, com um enorme ovo, o qual continha em estátua de Cupido. Essas tradições inspiraram também Peter Carl Fabergé na criação dos famosos e valiosos Ovos Fabergé..1

Os ovos de chocolate vieram dos Pâtissiers franceses que recheavam ovos de galinha, depois de esvaziados de clara e gema, com chocolate e os pintavam por fora. Os pais costumavam esconder ovos nos jardins para que as crianças os encontrassem na época da Páscoa. Com melhores tecnologias, a partir do final do século XIX, se difundiram os ovos totalmente feitos de chocolate, utilizados até hoje.

Não é uma linda tradição?  Bem, os ovos de chocolate estão cada vez mais caros, mas bombons bem embrulhados com papel celofane e laços de fita pode ter um efeito bastante semelhante; o importante é que as pessoas estejam unidas pelo verdadeiro sentido da Páscoa, que é o renascimento, a fertilidade, a celebração da vida. Uma data para estarmos junto às pessoas que amamos. Em casa.


3 comentários:

  1. Olá, Ana. Que linda a sua claríssima história de Páscoa.
    Que sua Páscoa seja recheadinha destes belos ovos coloridos que você mesmo pode pintar como diz aqui.
    beijos achocolatados
    Luísa Zacarias no R.L

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde Ana, são tradições lindas, muito embora na América do Sul, festejemos em época de outono, não podemos deixar de sentir como se primavera fosse, nos empenhando para o perdão e renascimento. Que todos possamos celebrar a vida, unidos em família. Agradeço pela partilha, boa e feliz Páscoa pra você, abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir
  3. Quando moravamos no interior, e ainda crianças, eu e meus irmaos... minha mae costumava esconder os ovos em varios lugares... e fazia os passinhos dos coelhinhos com talco, sujava as pontas dos dedos no talco...e ia imitando os passinhos deles... boas lembranças...

    Beijos...

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa para deixar um comentário, por favor. Espero que tenha gostado. Obrigada pela visita!