sexta-feira, 24 de abril de 2015

Plantar




Entrego ao jardineiro as plantas que compramos ontem. Juntos, discutimos os melhores locais para plantá-las. Ontem, ao caminhar pelo mercado enquanto as escolhia, deparei com algumas que pareciam estar ali já há algum tempo, ressecadas, a terra tão estorricada que parecia grãos de pedra. Sinto pena das plantas que são colocadas no mercado e jamais recebem um pouco de água. Acabam morrendo de sede, ninguém as compra. São seres vivos; custava alguém jogar nelas um pouquinho de água?

Peguei os vasos com as plantas que escolhi e coloquei no carrinho. Penso que estas tiveram mais sorte, pois neste exato momento, estão lá fora, sendo plantadas na terra fresca. Espero que elas possam viver e que as flores possam desabrochar sem medos.

Fiquei pensando - quem escreve sempre pensa demais sobre as coisas, e às vezes, acaba fazendo associações meio absurdas entre elas -:  Às vezes, a gente fica lidando com a vida da mesma maneira que os funcionários do mercado lidam com as plantas: colocamos as coisas lá na prateleira, e as esquecemos. Murcham os sonhos, murcham os planos daquelas viagens que há anos gostaríamos de fazer, murcham as intenções de melhorar, mudar, aprender algo novo. As plantas secam e morrem, e quando finalmente nos lembramos delas, vamos até os vasos nas prateleiras e só encontramos folhas ressecadas. Esquecemos de aguar as coisas mais importantes de nossas vidas, e fica tarde demais para voltar atrás. Sejamos mais cuidadosos com nossas sementes e mudas. Sejamos mais dedicados àquilo que queremos plantar.


5 comentários:

  1. Amei seu texto e concordo em tudo com você cara Ana.
    Depois nos mostre suas plantas, um abraço e bom final de semana.

    ResponderExcluir
  2. É assim... na vida muitas vezes adiamos coisas importantes... e vao ficando...e um dia acabam se perdendo...
    Boa comparaçao entre as flores e a vida...

    Beijos...

    ResponderExcluir
  3. Ana, seu texto serviu como puxão de orelha, quantos sonhos plantamos e esquecemos na prateleira, tá na hora de fazer uma limpeza. Separando aqueles que podemos recuperar, plantando no solo definitivo, para que possam brotar. Obrigada pelo alerta, abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Ana.
    Amei ler o seu texto, uma alerta para quem deixa as coisas para depois, perde um tempo imenso em planejar os seus sonhos, mas deixa de reservar tempo de realizado. Eu lhe desejo que a sua planta cresça linda. Uma linda semana.
    Um forte abraço.

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa para deixar um comentário, por favor. Espero que tenha gostado. Obrigada pela visita!