segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Minha casa Está Mudando!






Fiquei feliz quando a chuva chegou, e devolveu à nossa casa - minha cidade, Petrópolis - aqueles filetes brilhantes de água escorrendo sobre as encostas rochosas das montanhas. Amei poder dormir novamente escutando o barulho do rio aqui perto, ou da chuva caindo sobre o telhado. Fiquei contente ao ver rebrotar o meu gramado, e ao perceber o verde das árvores e plantas se renovando. 

Ontem, voltando de um pequeno passeio em uma cidade vizinha, percebi algo inédito em Petrópolis: as mangueiras estão dando frutos. De Itaipava até o meu bairro, percebi cachos e cachos de mangas amadurecendo nas árvores. Sinal de que o clima está realmente mudando, e tornando-se mais quente. Por aqui, as mangueiras nunca tinham frutificado antes. Porém, o que é bom para as mangueiras, é fatal para as hortencias, avencas, impatients,  e outras plantas que gostam do clima mais frio. Ainda bem que o nosso verão está sendo bastante ameno por enquanto, ao ponto de podermos usar nossos edredons à noite!

Quem sabe, Petrópolis esteja deixando de ser a Cidade das Hortencias e se transformando na Cidade das Mangueiras? 

Aqui em casa, as minhas hortelãs prosperaram com a chegada da chuva. As pimenteiras também se encontram carregadas. Mesmo assim, percebo que o gramado está gradualmente sendo substituído por um outro tipo de grama, mais baixa e resistente ao calor. Acho que as sementes estavam aqui na terra o tempo todo, esperando uma oportunidade mais propícia para nascer. 

A vida muda, as coisas mudam. E a gente se adapta.




9 comentários:

  1. Esse mês estou comemorando 11 anos de blog.
    È tempo demais dedicado a essas pessoas lindas de Deus
    que fui conhecendo ao longo dessa caminhada.
    Deixei um mimo na postagem se for do seu agrado
    leve ficarei feliz.
    E ficarei feliz da mesma forma se ñ levar eu entendo.
    Um carinhoso beijo.
    Deus abençoe por tudo.
    E uma semana de paz .
    Evanir.
    Ana acho que pode mudar as flores tudo pode ser mudado.Nunca podera mudar é esse amor e carinho que sinto do seu coração.

    ResponderExcluir
  2. por aqui é só frio frio frio e tem havido chuva também! não é estação para os frutos crescerem, as laranjas só estarão boas lá para Março, o resto só em estufas provavelmente, não nasce nada agora com este temporal :p beijinhos!

    ResponderExcluir
  3. É verdade, Ana...
    Viajei em suas palavras. Tudo muda e quando temos essa conexão percebemos, mesmo que pequenas, as mudanças na natureza. Fiquei aqui imaginando toda a beleza que descreveu.
    Sampa também está vivendo esse verão diferente. Houve dias que pareciam Outono, com leve calor de dia e frio à noite. Em compensação, nesses últimos dias, o calor está demais. Ontem os termômetros da rua marcavam 38 graus (é muito quente pra nós rsrs).Hoje, por enquanto, tudo nublado.
    Quem tem plantinhas e árvores, vai tendo que se adaptar com o clima doidão...

    Um lindo dia pra vc,
    Abração esmagador.

    ResponderExcluir
  4. Querida Ana,você é uma artista,em palavras,que emana poesias constantes. Seu âmago é uma autêntica poesia! Em si vibram as palavras! bem haja poetisa linda! beijos iluminados em teu coração de poesias. Luísa Zacarias

    ResponderExcluir
  5. Que saudades de Petropolis... é pra la que ia sempre que precisava recarregar as baterias psicologicamente... lugar maravilhoso...

    Beijos, Ana...

    ResponderExcluir
  6. Que saudades de Petropolis... é pra la que ia sempre que precisava recarregar as baterias psicologicamente... lugar maravilhoso...

    Beijos, Ana...

    ResponderExcluir
  7. Como vai você, amigo, Ana?

    Como de costume em mim, a primeira coisa a fazer é pedir desculpas pelo meu atraso à vista, mas a situação envia e dificuldades em encontrar o tempo parece em ascensão apesar do meu apreço para blogs.

    É um grande prazer para visitar o seu espaço de volta e contemplar suas publicações magníficas, por isso estou grato pela oportunidade que você nos dá a apreciá-los.


    Beijos, Ana ... e até breve.

    ResponderExcluir
  8. Como vai você, amigo, Ana?

    Como de costume em mim, a primeira coisa a fazer é pedir desculpas pelo meu atraso à vista, mas a situação envia e dificuldades em encontrar o tempo parece em ascensão apesar do meu apreço para blogs.

    É um grande prazer para visitar o seu espaço de volta e contemplar suas publicações magníficas, por isso estou grato pela oportunidade que você nos dá a apreciá-los.


    Beijos, Ana ... e até breve.

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa para deixar um comentário, por favor. Espero que tenha gostado. Obrigada pela visita!