sábado, 20 de fevereiro de 2016

Clarice na Casa









Um pensamento de Clarice Lispector sobre o amor - e o quanto ele está relacionado a tudo o que somos, à casa onde moramos e às coisas que almejamos:


“Desculpa, mas não entendo. Eu quero tudo e mais ainda. Amor tem que encher o coração, a casa, a alma. Pouco ou metades nunca me completaram.” 

 Clarice Lispector







3 comentários:

  1. Olá, Ana, obrigada!
    Eu também não entendo!
    Abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Oi Ana
    Concordo com a Clarice Lispector, o amor tem que ser sentido por inteiro!
    Desculpe ter removido o comentário de cima!
    Beijos
    Amara

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa para deixar um comentário, por favor. Espero que tenha gostado. Obrigada pela visita!