quarta-feira, 20 de abril de 2016

A VERDADEIRA FEITICEIRA

Este modelo é exatamente igual ao que comprei, e eu super recomendo!






Há algum tempo, publiquei aqui uma review sobre uma vassoura eletrônica que eu adquiri através de um site na internet. Lembro-me de que, ao ver a fotografia, lembrei-me de uma vassoura feiticeira que uma de minhas irmãs possuía, e que era muito eficiente na limpeza de carpetes, tapetes e qualquer tipo de piso liso. Pensei: "Se aquela, antiga e manual, era tão boa, esta deve ser maravilhosa!" Encomendei, e quando ela chegou e eu comecei a usar, vi que era apenas uma ilusão: ela não 'pegava' nem mesmo partículas de poeira do chão. Tinha que deixá-la horas carregando a bateria, para usar por apenas quinze ou vinte minutos, tempo após o qual ela descarregava, e era uma total perda de tempo, pois ela não fazia o que prometia. Era a mesma coisa que nada.

Joguei-a fora. Literalmente, no lixo.


Este foi o modelo 'moderninho' que comprei antes; não caiam nessa!


Dia desses, ao passar por uma casa de ferragens, o que vi? A boa e velha vassoura feiticeira, manual, simples, que não gasta energia elétrica e quase não produz ruídos ao ser usada. Quase igual a que minha irmã possuía, so que um pouco menor, o que considerei uma vantagem, já que desta forma ela pode entrar em cantinhos quer a da minha irmã não passava. Comprei-a e levei-a para casa: eficiente, ela pega de tudo, desde pelos de cachorros, pedacinhos de papel e restos de borracha que meus alunos deixam cair no chão após apagar alguma coisa de seus cadernos, farelos, poeira fina, enfim: após usá-la, a casa fica toda limpinha, e o piso brilha. Se ela começa a soltar poeira, é porque o recipiente está cheio, e então é hora de esvaziá-lo e limpar as cerdas da escova (ela vem com uma escova especial para limpeza das cerdas). 

Após alguns meses de uso, basta trocar a escova, que custa algo e torno de quinze reais - informei-me antes de adquirir a vassoura feiticeira. Ela é ideal para ser usada em limpezas rápidas, ou entre uma aspirada de pó e outra. Não dispensa o uso do aspirador de pó, pois com ela, não conseguimos limpar cantinhos estreitos, mas ela espaça bastante o período de tempo de uso deste, o que economiza não apenas eletricidade, mas também as suas costas.

Nem sempre a tecnologia pode oferecer alguma coisa melhor do que aquela criada há tempos atrás!




2 comentários:

  1. Bom dia, querida Ana!
    Já tive a tal da feiticeira e era muito boa... bom saber que aí, possa encontrá-la de novo...
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
  2. Lembro que minha avo tinha essa feiticeira...e gostava muito... sera que ainda é distribuida em todo lugar?
    Gostaria de ter uma...

    Bjos...

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa para deixar um comentário, por favor. Espero que tenha gostado. Obrigada pela visita!