domingo, 24 de julho de 2016

O Que Pomos, Do Que Dispomos?






Uma casa deveria ser um berçário de sonhos, uma catapulta de onde eles fossem impulsionados para a realidade. Ela jamais deveria ser uma caixa onde apenas os guardamos.

Uma casa deveria ser um espaço agradável de convivência entre pessoas que se amam, famílias, amigos, irmãos, e jamais um ringue, palco de brigas, disputas e discussões, e ainda pior, de indiferença.

Uma casa deveria guardar o mais precioso de cada pessoa que nela vive, para que fosse partilhado e multiplicado ao final de cada dia, e nunca um lugar onde as decepções, tristezas e frustrações do dia fossem jogadas nas faces uns dos outros. 

Uma casa deveria ser um local onde as pessoas procurassem um abrigo para se recuperarem daquilo que o dia tirou delas, e não um lugar onde as pessoas tentassem tirar umas das outras o que alguém lá de fora roubou. 

Entre os habitantes de uma casa deveria haver mais do que amor, pois amor apenas não é , nunca foi e nem nunca será o suficiente. Entre os habitantes de uma casa deveria haver carinho, respeito, admiração e, acima de tudo, gratidão.






Um comentário:

  1. Boa Tarde, querida Ana!
    Tudo se refere à diferença entre casa e lar... casa quase todos temos...
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa para deixar um comentário, por favor. Espero que tenha gostado. Obrigada pela visita!