terça-feira, 26 de julho de 2016

Testando e Aprovando








Todo mundo tem seus truques para cuidar de uma casa; ideias e técnicas que herdamos das mães ou avós, e também coisas que a gente acaba descobrindo através da própria experiência - tentativa / erro - tentativa / acerto.

Gostaria de partilhar umas poucas que eu mesma descobri:

-O spray para passar roupas está caro, não é? E muitas vezes, não dura nada. Peguei um pouco de amaciante de cor branca (mais ou menos um terço da embalagem vazia do amaciante ) e misturei água, sacudindo bem. É melhor do que o spray, pois além de perfumar e facilitar o passar, ainda amacia. Tenho feito assim agora. Ainda não testei amaciantes de cor - azuis, rosas ou amarelos - pois tenho medo de que manche alguns tecidos. Mas o branco não tem perigo!

-Limpar vidraças pode ser uma chatice só! Os produtos disponíveis deixam os vidros embaçados, e temos que esfregar muito para que brilhem. Eu segui o conselho de uma conhecida, e usei apenas um pano com água e outro seco. Deu efeito. Mas testando e tentando descobrir meu próprio jeitinho, achei uma maneira bem mais rápida e fácil: álcool gel! Não há nada melhor, e nem é preciso o pano seco para acabamento. Além de limpar vidros, o álcool gel é excelente para os azulejos da cozinha e do banheiro (deixam-nos brilhando e sem sinal de gordura, além de desinfetar) e também para o box de banho. Aquelas manchas gordurosas, que geralmente custam a sair,  desaparecem como em um passe de mágica, deixando tudo transparente e brilhante. 

-Para limpar o limo e a gordura das paredes do box, eu costumava usar um produto excelente, porém muito caro: o X-14. Mas descobri que o cloro, que é bem mais em conta, faz o mesmo efeito. E com o que eu pagava em uma embalagem de 500 ml do desinfetante, compro umas cinco de 1,5 litros cloro cada. Tome cuidado com roupas e toalhas, pois se cair ou respingar nelas, é o fim - tanto com o cloro quanto com o desinfetante. Basta espirrar o produto e deixar agir durante vinte minutos, enxaguando em seguida. Não é preciso esfregar: sai tudo. Cuidado com as torneiras, pois podem ficar pretas ou descascar se você deixar sobre elas durante muito tempo.

-Para limpezas rápidas na casa, aquelas de emergência antes da visita chegar ou entre uma faxina e outra, uso a boa e velha vassoura feiticeira. Não tem fios, não precisa de bateria, dispensa a pá de lixo e a lixeira e faz o serviço de forma eficaz. Quando você for limpá-la, ficará surpresa com a quantidade de lixo e poeira fina que ela capta! Exatamente como o aspirador de pó. Porém, pelo menos uma vez por semana, é preciso usar o aspirador e pano úmido nos cantinhos, pois a feiticeira não os alcança. 

-Pisos e azulejos brancos ficam limpinhos quando lavados com sabonete Lux branco. É mais fácil de enxaguar, e eles ficam bem branquinhos - além de cheirosos. Derreta um pedaço do sabonete na água e use. Se estiver muito sujo, esfregue o sabonete sobre as manchas usando uma vassourinha de mão ou escova. 

-Ultimamente, tenho evitado usar mangueira de água na limpeza de banheiros e cozinha com a mesma frequência de antes; eu costumava jogar água em tudo, mas com a falta d'água que assola o planeta, tenho buscado outras alternativas, só apelando para a água e sabão se a coisa estiver realmente difícil.  Existem produtos excelentes no mercado, e não é preciso gastar litros e mais litros de água para jogar no piso, enquanto tantas pessoas não tem água nas torneiras.







Um comentário:

  1. Ana, adorei as dicas! O vinagre também é bom para limpeza de vidros!
    Beijinhos e feliz semana!
    Amara

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa para deixar um comentário, por favor. Espero que tenha gostado. Obrigada pela visita!